Skip to content Skip to left sidebar Skip to right sidebar Skip to footer

Notícias

Limpeza de Vias e Espaço Público – Planeamento para quarta-feira

Continuaremos, se o tempo o permitir, esta quarta-feira, com a limpeza de vias e espaços públicos.

Terminadas as zonas de Bouçós, Rabata e Tojal, nesta quarta continuamos na Zona da Lameira até ao limite da freguesia com Barco avançando depois para a zona norte da freguesia.

Para que os trabalhos possam decorrer com normalidade e sem grandes demoras, agradecemos que não estacionem as viaturas em locais que possam dificultar o trabalho da equipa.

> Planeamento completo para o 3º Dia – 01.ABR.2020
Na possibilidade de não ter sido cumprido o Plano do dia anterior e o tempo permitindo, começamos onde terminamos na terça-feira e estão planeadas as seguintes artérias:
Rua da Bemposta,
Rua da Rabata,
Rua do Azemel,
Acesso ao Lar Alcide Felgueiras,
Rua do Azemel,
Rua de Melre,
Rua do Penedo,
Rua da Lama,
Rua da Baiona,
Rua da Faísca,
Travessa da Faísca,
Rua Santa Marta, até
Travessa do Souto,
Rua do Souto,
Santa Marta,

Diariamente iremos informando do percurso para o dia(s) seguintes(s).

Informação | Limpeza de Vias e Espaços Públicos (bermas com corte de ervas)

A Junta de Freguesia de Caldelas vai iniciar na próxima segunda-feira, dia 30 de março, a limpeza de vias e espaços públicos, vulgarmente designado por limpeza das bermas, com corte de ervas.

Chamamos a atenção que este serviço é efetuado no início da Primavera e no final do Verão, pese embora, no ano passado, tivéssemos necessidade de proceder a um terceiro corte.

Os trabalhos começarão no Loteamento de Bouçós e seguirão pela Rua Nª Sª dos Remédios, Rua das Fontaínhas, Travessa das Fontaínhas, Beco das Fontaínhas, Travessa do Montinho, Rua da Boavista e Rua Nossa Senhora de Fátima.

Tal como no ano transato, teremos uma equipa externa a fazer este serviço. Para que os trabalhos possam decorrer com normalidade e sem grandes demoras, agradecemos que não estacionem as viaturas em locais que possam dificultar o trabalho da equipa.

Diariamente iremos informando do percurso para o dia(s) seguintes(s).

COVID-19 – Ativação do Plano Municipal de Emergência e Proteção Civil – Medidas Adicionais

No dia 27 de março, o senhor Presidente da Câmara Municipal de Guimarães, Domingos Bragança, ativou o Plano Municipal de Emergência e Proteção Civil do Concelho de Guimarães e emitiu um despacho que terá efeito a partir das 00h00 de amanhã, sábado, 28 de março, e onde constam as seguintes medidas que se adicionam às vigentes até à data:
– Encerramento da Ecovia/Ciclovia;
– Encerramento de todos os parques de lazer do concelho, municipais ou das freguesias;
– Encerramento dos cemitérios municipais e das freguesias, exceto para a realização de funerais;
– Suspensão de todas as feiras semanais de todo o território municipal, incluindo nestas os pequenos mercados de venda de produtos alimentares, de origem animal ou vegetal.

Nos termos da lei, até à desativação do Plano Municipal de Emergência e Proteção Civil ficam suspensos os efeitos do Despacho do Senhor Presidente da Junta de Freguesia, de 22 de março. Assim:
– Não se realizará o mercado de venda de produtos alimentares, de origem animal ou vegetal previsto para o próximo dia 30 de março;
– Será encerrado o cemitério da freguesia, exceto para a realização de funerais;
– Será encerrado o Parque de Lazer das Taipas, da Praia Seca, das Camélias e da Quintã.

A Junta de Freguesia de Caldelas mantém todas as medidas de contingência no combate à Pandemia por COVID-19, designadamente o de apoio social (“Nós Vamos por si”, Fundo de Socorro e Emergência Social e Cabazes Alimentares), bem como o atendimento telefónico para assuntos urgentes.

Apelo a todos os Taipenses para o cumprimento do Decreto Presidencial de Estado Emergência que limita o direito à liberdade de circulação apenas para as necessidades essenciais à vida e para que sejam respeitadas as determinações que constam da decisão de ativação do Plano Municipal de Emergência e Proteção Civil.

O Presidente da Junta de Freguesia de Caldelas
Luís Soares

MERCADO DE FRUTAS, LEGUMES E BENS ALIMENTARES ESSENCIAIS REABRE A PARTIR DA PRÓXIMA 2º FEIRA NAS TAIPAS COM REGRAS APERTADAS POR CAUSA DO CORONAVIRUS

A Câmara Municipal de Guimarães e a Junta de Freguesia de Caldelas reabriram a possibilidade de venda de legumes e outros bens essenciais com regras de funcionamento iguais às dos centros comerciais e dos supermercados. Limitação a 30 pessoas dentro do recinto, num tempo máximo de permanência de 30m e atendimento de um único cliente de cada vez garantem segurança para quem compra.

A Câmara Municipal de Guimarães e a Junta de Freguesia de Caldelas reabriram a possibilidade de venda de legumes e outros bens essenciais a partir da próxima 2ª feira. Mantém-se suspensa a venda de bens não essenciais.

Segundo o Presidente da Junta de Freguesia “não seria compreensível que as grandes superfícies e os shoppings pudessem continuar a funcionar e a vender e os pequenos produtores não. O Mercado semanal da Vila das Taipas é um dos espaços onde habitualmente a nossa comunidade e das freguesias vizinhas se abastecem de bens essenciais e não poderia ficar fechado até junho”, explicando que é a previsão das instâncias nacionais para a situação de crise por COVID-19.

O Presidente da Junta de Freguesia explicou ainda que os pequenos mercados estiveram sempre em funcionamento em Guimarães e no país porque são espaços que escoam produtos locais, não sujeitos a transporte de longo curso, contribuindo para a interrupção das cadeias de transmissão do COVID-19 (casos importados).

“Por isso criamos condições de segurança e higiene, previstas na lei e que permitem o funcionamento de outros estabelecimentos comerciais de grande, média e pequena dimensão. Reforçamos todas as medidas de segurança: o acesso será controlado e limitado de acordo com a área do recinto da feira semanal utilizado, e a permanência pelo tempo estritamente necessário à aquisição dos produtos (30 pessoas em simultâneo, pelo período máximo de 30m cada);instalaremos zonas de espera, assegurando o distanciamento mínimo de dois metros entre os clientes que estão a aguardar a autorização de acesso no recinto; e ainda procederemos à desinfeção do recinto.”

Contudo, o autarca daquela freguesia relembra que é fundamental respeitar a lei, o dever de confinamento, o dever especial de proteção e o dever de recolhimento domiciliário, limitando-se a saída do domicílio ao estritamente essencial, deveres que violados podem configurar crime de desobediência, nos termos da lei. Por esse motivo os vendedores com mais de 70 anos e que integrem grupos de risco não poderão vender na feira semanal.

Luís Soares apelou, ainda, que os vendedores e compradores no Mercado de Legumes, frutas e outros produtos de origem animal sejam capazes de em conjunto cumprir a lei, despachos e recomendações das autoridades nacionais, municipais e da freguesia, designadamente as regras de funcionamento que cria condições de higiene e segurança para o seu funcionamento, deixando uma mensagem de esperança: “Em conjunto, ultrapassaremos o COVID-19 e a crise que estamos a atravessar.”

Ver Despacho (PDF)

COVID-19 | Medidas em Vigor

Na sequência da publicação do Decreto-Lei n.º 2-A/2020, de 20 de março e em complemento aos despachos de 11, 14 e 16 de março, o Presidente da Câmara Municipal de Guimarães, emitiu um despacho com data de 21 de março.
No mesmo sentido o Presidente da Junta de Freguesia de Caldelas deu conta no passado dia 16, das medidas adicionais implementadas na Freguesia, relativamente ao mesmo assunto.

Nesse mesmo comunicado dizia que “Diariamente será efetuada uma reavaliação da situação (…) seja através da ampliação do âmbito das restrições, (…) bem como do alargamento do período de vigência para além do dia 5 de abril.”

Assim e mediante o Despacho do senhor Presidente da Câmara, vemo-nos na necessidade de atualizar algumas medidas, pelo que, resumidamente, recapitulamos a já implementadas e informamos as novas:

Medidas já implementadas e que continuam em vigor:
• Encerramento do Polo da Biblioteca;
• Suspensão da Feira Semanal;
• Suspensão dos Domingos Ativos;
• Suspensão do Espaço de Convívio Sénior “Este Lugar não é para Velhos”;
• Suspensão do atendimento aos agricultores, por parte do Técnico da CAP-EDM;
• Encerramento de todos os parques infantis da freguesia;
• Encerramento de todos os equipamentos públicos desportivos e de lazer;
• Desativação de todos os bebedouros públicos;
• Suspensão de todas as reuniões, atendimentos e outros serviços considerados não urgentes, nas suas instalações;
• Encerramento do atendimento presencial ao público;

Nota: Permite-se a entrega de documentação e salvaguarda-se o atendimento da Ação Social de caráter urgente e o apoio a pessoas vulneráveis, principalmente aos mais idosos. Para outros assuntos, deverão recorrer ao contacto telefónico 📞 (253 576 884), ou ao e-mail 📩 (geral@caldasdastaipas.com), ou ainda via formulários automáticos no website 🌐 http://www.caldasdastaipas.com

Nestas medidas de restrições já implementadas, seguiram-se outras de Apoio aos cidadãos, como a Campanha “Nós vamos a Si”; Fundo de Socorro e Emergência Social e Cabazes Alimentares.

Medidas a implementar a partir de hoje:
• Afixação de um limite máximo de 10 pessoas na realização de funerais no Cemitério da Freguesia.
• Manter o Horário habitual de encerramento do Cemitério da Freguesia no inverno até às 17H30.
• Realização de Mercado de venda de produtos alimentares de origem animal e vegetal, no recinto da Feira Semanal, às segundas-feiras, a partir do dia 30 de março, de acordo com as regras de segurança e higiene previstas no artigo 13º do Decreto nº 2-A/2020, de 20 de março.

Apelo a que a nossa comunidade, trabalhadores, empresas e empresários e dirigentes da Vila das Taipas sejam capazes de em conjunto cumprir a lei, despachos e recomendações das autoridades nacionais, municipais e da freguesia. A luta que travamos depende em boa medida do comportamento individual de cada, porque ele afeta a saúde de todos nós, da nossa comunidade e da Vila das Taipas.

Sei que, em conjunto, ultrapassaremos o COVID-19 e a crise que estamos a atravessar.
Caldas das Taipas e Junta de Freguesia de Caldelas, 23 de março de 2020

O Presidente da Junta de Freguesia

(Luís Miguel de Freitas Marques Carvalho Soares)

JUNTA DE FREGUESIA DA VILA DAS TAIPAS E VOLUNTÁRIOS PRONTOS PARA AJUDAR A ULTRAPASSAR COVID-19 COM MEDIDAS DE APOIO SOCIAL

Programa “Nós Vamos Por Si”, “Fundo de Socorro e Emergência Social” e “Cabazes Alimentares” são as respostas disponibilizadas pela Junta de Freguesia

A Junta de Freguesia de Caldelas disponibiliza aos cidadãos da Vila das Taipas três medidas sociais com o objetivo de apoiar idosos, grupos de risco e pessoas e famílias em situação de vulnerabilidade social.

O Programa “Nós vamos por si” assenta num apoio social com base no voluntariado que pretende ajudar a evitar as deslocações dos mais idosos, pessoas pertencentes a grupo de risco ou pessoas com dificuldade de locomoção, evitando deslocações. Os serviços da Junta de Freguesia, em parceria com o Agrupamento de Escuteiros das Taipas e um grupo de voluntários, intermediarão a entrega no domicílio dos bens de primeira necessidade, medicamentos e intermediarão ainda o pagamento de faturas de cidadãos sem retaguarda familiar que não podem sair de casa.

Foi também reforçada a rúbrica do Orçamento da Freguesia para o Fundo de Socorro e Emergência Social e para a atribuição de Cabazes Alimentares. São duas respostas que permitem a atribuição de um apoio pecuniário para famílias, em situação emergente de vulnerabilidade económica, para pagamento de despesas essenciais ou para suprir carência alimentar.

O Presidente da Junta de Freguesia, Luís Soares explica que os meios de que a Junta de Freguesia dispõe são limitados e por isso devem ser utilizados apenas por aqueles que realmente necessitam. No entanto explica que “a situação que vivemos exige uma resposta da Junta de Freguesia e da comunidade. Mobilizamos os recursos financeiros disponíveis para ajudar as pessoas e agradecemos aos voluntários, que contactamos e que ajudarão na entrega dos bens”.

O programa inicia-se esta quinta-feira (19 de março). Todos os interessados deverão contactar os serviços da Junta de Freguesia para verificarem se reúnem os requisitos de participação e procurar o apoio que necessitam.

Luís Soares deixa, ainda, um apelo para que os que pretendam colaborar neste programa, ou com outras iniciativas enviem um e-mail para  geral@caldasdastaipas.com

Alerta Amarelo da reserva estratégica nacional de sangue

Colheita de Sangue e registo de dador de medula óssea nas Caldas das Taipas:

> Dia 22 de março das 09h00 às 12h30
> Dia 23 de março das 15h00 às 19h00


No Pavilhão da Escola Secundária das Caldas das Taipas

Organização: ASSOCIAÇÃO DE DADORES BENEVOLOS DE SANGUE DE GUIMARÃES

Apoios: FEPODABESInstituto Português do Sangue e da Transplantação, IPMunicípio de Guimarães ComunicaçãoJunta de Freguesia de Caldelas – Caldas das TaipasEscola secundária de Caldas das Taipas.

O Instituto Português do Sangue e da Transplantação (IPST) admitiu esta terça-feira “uma forte redução no número de dadores”, devido ao surto de Covid-19 no país, tendo decidido avançar para o nível amarelo de alerta.

A reserva estratégica nacional de sangue contempla quatro níveis de alerta no seu plano de contingência: verde, amarelo, laranja e vermelho, sendo este último o mais grave ativado quando as reservas do país não forem além de três dias.

Face à propagação do novo coronavírus, o IPST revelou também ter alterado as estratégias relativas à área de gestão do contacto com dadores e de planeamento das sessões móveis de colheita, que estão agora “interditas por razões de segurança, uma vez que não cumprem as condições de distanciamento e a existência de um espaço para isolamento”, como definido pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

“O plano de contingência prevê a implementação de medidas que, entre outras, têm em vista a mitigação do impacto da redução de dadores de sangue, a mitigação do risco de exposição dos profissionais e dadores ao SARS-CoV-2, e a mitigação do potencial risco de transmissão do vírus por transfusão sanguínea”, explicou o Conselho Diretivo do IPST nas respostas enviadas.

Comemorações do 25 de abril de 1974 suspensas nas Caldas das Taipas

O Núcleo de Estudos 25 de Abril e a Junta de Freguesia de Caldelas, tinham programado um conjunto de iniciativas públicas para assinalar o 25 de abril de 1974, que passavam pela conclusão do mural de abril pela comunidade escolar, (projeto iniciado no último ano), pela realização de uma exposição e uma conferência nas instalações da Junta de Freguesia. Atendendo à situação de emergência nacional e considerando as perspectivas que se desenham para as próximas semanas, anunciamos a suspensão do programa de comemorações.

Como referido na página no Núcleo de Estudos “Em liberdade a esperança é sempre um factor de mudança; por isso para o ano cá estaremos com a força e a vontade que nos caracterizam.”

INFORMAÇÃO | Recolha de resíduos e higiene urbana assegurados pelo Município e pela Vitrus Ambiente

Informa-se que a recolha de resíduos e a limpeza do espaço público mantém-se dentro dos trâmites normais, no concelho de Guimarães.
 
O Município de Guimarães informa que a recolha de resíduos e a higiene urbana estão assegurados pelos serviços do Município de Guimarães de pela empresa Municipal Vitrus Ambiente no decorrer dos próximos dias, independentemente das medidas adicionais anunciadas para a mitigar o surto de Coronavírus (SARS-CoV-2), responsável pela propagação da doença COVID-19.
 
Assim, a recolha de resíduos e a limpeza do espaço público mantém-se dentro dos trâmites normais, continuando ativo o plano de contingência definido para estes serviços.
 
Os serviços de atendimento continuam ativos através do telefone 253421200 ou e-mail: dsua@cm-guimaraes.pt.
 
A recolha de resíduos volumosos, fora de uso, tipo monstros, será provisoriamente suspensa, para salvaguardar a integridade física dado que implica, muitas vezes, uma proximidade social que é desaconselhada pela Direção Geral de Saúde e, também, para que seja possível assegurar os serviços públicos essenciais.

COVID-19 – Medidas Adicionais

Caros Taipenses,

A situação atual de pandemia que vivemos, motivado pelo Covid-19 exige de cada um de nós um comportamento responsável que salvaguarde a saúde individual, mas sobretudo a saúde coletiva da nossa comunidade.

No decorrer da passada semana foram tomadas medidas no âmbito do plano de contingência da Junta de Freguesia de Caldelas, atendendo à emergência de saúde pública de âmbito internacional que vivemos, à classificação do vírus como uma pandemia, no dia 11 de março de 2020, ao estado de alerta declarado no dia 13 de março de 2020 para todo o país, e às orientações do Município de Guimarães.

➡️ Procedemos ao encerramento do Polo da Biblioteca (decretado pelo município); à suspensão da Feira Semanal (decretada pelo município); à suspensão dos Domingos Ativos; à suspensão do ECS – Espaço de Convívio Sénior “Este Lugar não é para Velhos”; à suspensão de todas as reuniões, atendimentos e outros serviços considerados não urgentes, nas suas instalações (incluindo o atendimento aos agricultores às segundas-feiras).

Contudo, considerando o aumento do número de casos confirmados no norte do País, as recomendações da Direção Geral de Saúde e do Município de Guimarães, o Executivo da Freguesia de Caldelas deliberou e informa das novas medidas adicionais para prevenir o contágio.

Assim, e com efeitos a partir do próximo dia 16 de março (2ª feira), inclusive, determino a adoção das seguintes medidas adicionais:

 Encerramento do atendimento presencial ao público. Permite-se a entrega de documentação e salvaguarda-se o atendimento da Ação Social de caráter urgente e o apoio a pessoas vulneráveis, principalmente aos mais idosos. Para outros assuntos, deverão recorrer ao contacto telefónico 📞 (253 576 884), ou ao e-mail 📩 (geral@caldasdastaipas.com), ou ainda via formulários automáticos no website 🌐 http://www.caldasdastaipas.com

 Encerramento de todos os parques infantis municipais e da freguesia.

 Encerramento de todos os equipamentos públicos desportivos e de lazer.

 Desativação de todos os bebedouros públicos.

Diariamente será efetuada uma reavaliação da situação, o que permitirá corrigir as medidas de prevenção, seja através da ampliação do âmbito das restrições, da alteração do caráter das medidas já implementadas ou da sua supressão, bem como do alargamento do período de vigência para além do dia 5 de abril.

A Junta de Freguesia estará alerta às necessidades emergentes que venham a ser sentidas pela população, designadamente pelos mais frágeis ou desprotegidos, e disponível para acorrer a tais situações com a máxima celeridade e adotando os cuidados que a situação impõe no sentido de proteger tanto os cidadãos como os agentes públicos envolvidos.

Enquanto Presidente da Junta de Freguesia de Caldelas continuarei atento e disponível para cooperar com o Governo e a Assembleia da República, com o Município de Guimarães e com as autoridades nacionais e locais de saúde para minimizar os efeitos da pandemia.

No entanto o sucesso da batalha que travamos implica que cada um de nós seja capaz de seguir as recomendações das autoridades de saúde e adote comportamentos responsáveis que não coloquem em causa a nossa família, amigos, colegas de trabalho, vizinhos e a nossa comunidade.

A história da nossa Vila e das nossas gentes é feita de momentos de união e de respeito pelo próximo. A Junta de Freguesia conta com todos!

O Presidente da Junta de Freguesia
Luis Soares